Importância da Certificação de Produtos Orgânicos pelo Programa Paraná Mais Orgânico no Oeste e Sudoeste do Paraná, Sob a Perspectiva de Agricultores

  • André Rodrigo Carlett
  • Regina Conceição Garcia
  • Elisa Koefender
  • Bruna Larissa Mette Cerny Universidade Estadual do Oeste do Paraná
  • Tânia Regina Novack
Palavras-chave: UNIOESTE, Produtores, Qualidade

Resumo

O NACERTO, núcleo da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE), que atua no Programa Paraná Mais Orgânico, atende 20 produtores certificados orgânicos na região oeste e sudoeste do Paraná, bem como presta assessoria a outros agricultores em fase de transição para a produção orgânica.

 

A certificação de produtos orgânicos exige do agricultor uma série de adequações legais (lei de orgânicos, leis ambientais, trabalhistas, entre outros) e rigor na gestão da área certificada. Ainda assim, agricultores buscam essa forma de produção e, para que possam garantir ao consumidor a legitimidade de seus produtos, se submetem a inspeção de entidades certificadoras.

 

Este trabalho teve como objetivo avaliar a opinião de agricultores certificados pelo Programa Paraná Mais Orgânico, núcleo da Unioeste, nas regiões Oeste e Sudoeste do Paraná, sobre a importância da certificação de produtos orgânicos, quanto à comercialização, favorecimento e abertura de mercado, aumento de renda, permanência na terra e dificuldade em se manter certificado.

Publicado
2019-02-15