Uso de Diferentes Coberturas de Solo em Sistema de Policultivo de Alface, Rabanete e Coentro

  • Cacea Furlan Maggi Universidade Federal da Fronteira Sul
Palavras-chave: hortaliça, manejo, consórcio.

Resumo

Os objetivos do trabalho foram avaliar a produtividade do policultivo alface, rabanete e coentro sobre diferentes coberturas de solo no município de Laranjeiras do Sul - PR. O trabalho foi conduzido na área experimental da Universidade Federal da Fronteira Sul, campus Laranjeiras do Sul – PR. Foram utilizadas como cobertura morta: folha e rama de mandioca, mucuna preta, aveia, folhas de bananeira e testemunha (sem cobertura). O delineamento experimental foi em blocos casualizados, contendo 5 tratamentos e 5 repetições. Cada bloco medindo: 12 m de comprimento, 1,0 m de largura, e 0,25 m de altura, divididos em 5 parcelas de 2,4 m2 (1,0x2,4 m). O espaçamento principal utilizado foi como referência a cultura da alface, com espaçamento de 0,30 m entre plantas e 0,40 m entre as linhas, sendo plantado/semeado nas entrelinhas coentro e rabanete (2 linhas de coentro e 2 linhas de rabanete). Para quantificar a produtividade foram realizadas análises nas três culturas de acordo com os seguintes parâmetros: alface: massa verde da parte aérea, diâmetro e diâmetro de cabeça. Para o coentro: massa verde da parte aérea e altura de planta. Rabanete: massa verde da raiz e diâmetro da raiz. Para as análises foram coletadas 3 plantas, aleatoriamente de cada repetição para cada uma das culturas. Os dados foram coletados e analisados com o programa de análise estatística SISVAR. Foi observado que a cobertura com folhas e ramas de mandioca apresentou os maiores valores para as variáveis massa verde da parte aérea e diâmetro de cabeça para a cultura da alface. Já para a cultura do coentro os melhores resultados para as variáveis massa verde da parte aérea e altura de planta foram observados nos tratamentos com folhas e ramas de mandioca, mucuna e aveia. Para a cultura do rabanete, as diferentes coberturas de solo não influenciaram no desenvolvimento da cultura.

Publicado
2019-02-18