Transição agroecológica comunitária na rede de ecovilas da Cafuringa, no Distrito Federal

  • Antonio de Almeida Nobre Júnior Universidade de Brasília
  • Jefferson Sooma Rede Ecovilas da Cafuringa
  • Tibério Leonardo Guitton Universidade de Brasília
Palavras-chave: Comunidades intencionais; Restauração socioambiental; Área de proteção ambiental; Ensino, pesquisa e extensão

Resumo

O presente relato é decorrência de atividades teórico-práticas realizadas no âmbito da disciplina Tópicos Avançados em Gestão do Agronegócio, da Faculdade de Planaltina da Universidade de Brasília (FUP/UnB), com a finalidade de verificar as condições de estabelecimento da Rede de Ecovilas da Cafuringa, no Distrito Federal, refletir sobre suas características socioeconômicas e ambientais, a realização de pressupostos da transição agroecológica e do desenvolvimento sustentável, bem como sobre as lacunas do conhecimento acadêmico acerca das comunidades intencionais e as perspectivas de atuação profissional dos egressos neste campo. A experiência permitiu concluir pela adequação da Rede de Ecovilas da Cafuringa aos objetivos da sustentabilidade e pela necessidade de atuação acadêmica efetiva na sistematização das dinâmicas de estabelecimento das comunidades intencionais e a construção do conhecimento agroecológico sobre as ecovilas em áreas de proteção ambiental.

Biografia do Autor

Antonio de Almeida Nobre Júnior, Universidade de Brasília

Professor Adjunto da Faculdade de Planaltina da Universidade de Brasília (FUP/UnB)

Jefferson Sooma, Rede Ecovilas da Cafuringa

Bacharel em Ciências Sociais, empreendedor social e ativista-morador da Ecovila Grande Mãe - DF

Tibério Leonardo Guitton, Universidade de Brasília

Professor Adjunto da Faculdade de Planaltina da Universidade de Brasília 

Publicado
2020-08-17
Seção
CBA - Construção do Conhecimento Agroecológico e Dinâmicas Comunitárias