Monólitos como material didático em museus para percepção sobre os efeitos da erosão do solo em áreas desmatadas

  • Carlos Wagner Rodrigues do Nascimento Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
  • João Felipe da Silva Gonçalves Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
  • Isabela Beatriz Pereira da Cruz Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
  • Nivaldo Schultz Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
  • Fabiana de Carvalho Dias Araújo Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
  • Clarice de Oliveira Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
Palavras-chave: Educação em solos., Preservação ambiental., Espaço não formal de educação.

Resumo

A degradação dos solos decorrente do desmatamento é um dos problemas ambientais mais importantes no Brasil. Sabendo-se que o solo não é um bem renovável em escala de tempo humana, é necessário que se criem ferramentas pedagógicas que desenvolvam no público em geral um sentimento de preservação deste recurso. Nesta perspectiva, os museus são espaços de ensino não formais que podem favorecer a preservação deste recurso natural a partir da exposição do acervo. O objetivo deste trabalho foi coletar dois monólitos para mostrar o efeito do desmatamento na degradação do solo. Para isso, foram coletados dois monólitos de solo no município de São Jesus do Itabapoana, RJ, formados sob mesmas condições de material de origem e relevo local (forte ondulado), sendo o primeiro perfil (P1) coletado sob floresta em regeneração, enquanto que o segundo (P2) sob área de pastagem degradada. As análises dos atributos químicos, físicos, morfológicos e isotópicos mostraram que ambos os solos são perfis de Cambissolo Háplico, e que o P2, comparado ao P1, teve seus primeiros 20 cm perdidos por erosão. Assim, o P2 foi colocado justaposto ao P1 com um desnível de 20 cm sobre uma mesa expositora, retratando o material que foi erodido. Etiquetas com os resumos das informações químicas, físicas e morfológicas foram coladas junto aos perfis mostrando as principais diferenças entre os monólitos. Portanto, os monólitos constituem um bom material didático para o ensino em educação ambiental visando a preservação dos recursos naturais e da cobertura vegetal sobre o solo.

Publicado
2020-04-08