DIREITOS E OS DESAFIOS NA BUSCA PELA IGUALDADE DE GÊNERO NA REDE MULHERES DE REMANSO

  • Márcia Maria Pereira MUNIZ SASOP
  • Helder Freitas RIBEIRO UNIVASF
  • Denes Dantas VIEIRA UNIVASF
Palavras-chave: equidade de gênero, ação em rede, mulheres agricultoras, agroecologia

Resumo

As desigualdades de gênero são uma realidade histórica tanto no campo quanto na cidade, nos diferentes contextos socioambientais do Brasil. No Semiárido Brasileiro surgem iniciativas populares e políticas públicas na busca para superar as desigualdades de gênero. O presente trabalho analisou os avanços e desafios na implementação de Políticas Públicas voltadas para fortalecimento da Agricultura Familiar e superação das desigualdades de gênero, constituída no âmbito da Rede Mulheres de Remanso. Nas duas últimas décadas, o acesso às políticas públicas impactou positivamente na vida das mulheres, mas mesmo com estas conquistas evidenciadas através da ação das mulheres em rede, ainda há muito a avançar a fim de garantir a igualdade de gênero e a plena cidadania das mulheres agricultoras. É a partir de experiências com as mulheres se constroem os caminhos para fortalecer as experiências de base agroecológica no Semiárido, em consonância com a promoção da igualdade entre homens e mulheres do campo.

Publicado
2020-05-13
Seção
CIFA - Feminismo e Agroecologia: quais sujeitos políticos?