SABOREANDO A VIDA NO TRABALHO: PRÁTICAS SOLIDÁRIAS NO GRUPO SABORES DA VIDA EM IRARÁ, BAHIA

  • Davi Silva da COSTA
  • Nayanna Reis SILVA
Palavras-chave: Gênero, Trabalho, Práticas Solidárias, Protagonismo

Resumo

Essa pesquisa teve como objetivo identificar e avaliar como as práticas solidárias influenciam ou são influenciadas no modo em que as juventudes e as mulheres vivem, com destaque paras as relações de trabalho a luz da Economia solidária e através dos conhecimentos científicos e das práticas no contexto semiárido baiano. Este artigo traz parte da pesquisa realizada pelos autores, fazendo um recorte sobre as dimensões trabalho e de gênero, problematizados durante a pesquisa. A pesquisa-ação, com intervenção social, foi a metodologia utilizada com o grupo Sabores da Vida. O grupo fica localizado na comunidade Largo Novo, no município de Irará/BA. Como ferramentas, foram utilizadas roda de conversa, matrizes FOFA (Força, Oportunidade, Fraqueza e Ameaça) e GUT (Gravidade, Tendência e Urgência), e posteriormente oficinas na execução das ações planejadas. Observa-se que os saberes das mulheres são fonte de inspiração para um modelo de desenvolvimento inclusivo e justo.

Publicado
2020-05-12
Seção
CIFA - Feminismos, Agroecologia e Economia Solidária