Horticultura ecológica e educação socioambiental: Ações do NEPEA no Colégio Estadual da Policia Militar de Goiás “Dr Tharsis Campos” – CEPMG em Catalão (Go)

  • Leonoura Katarina Santos UFCat. Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Geografia da UFCat-, e Bolsista Voluntária do NEPEA - Núcleo de Estudos, Pesquisas e Extensão em Agroecologia
  • Claudio José Bertazzo UFCat. Professor Dr. no Instituto de Geografia e membro do NEPEA - Núcleo de Estudos, Pesquisas e Extensão em Agroecologia
Palavras-chave: Agroecologia, Educação, Sustentabilidade, Reciclagem

Resumo

Este trabalho disserta sobre as intervenções do NEPEA - Núcleo de Estudos, Pesquisas e Extensão em Agroecologia, no Colégio Estadual da Policia Militar de Goiás “Dr Tharsis Campos” – CEPMG em Catalão (GO), por meio da ação intitulada:  Programa Horticultura Ecológica. O Programa se reverbera em ações voltadas à Educação Socioambiental, Horticultura Ecológica, Agroecologia, Descarte e Manejo dos Resíduos Sólidos e Orgânicos e Preservação dos Recursos Naturais. Os objetivos do projeto, consistiram em promover a Educação Socioambiental em parceria com o Ensino Básico especificamente no Ensino Fundamental II. Procurou-se sensibilizar o alunado e toda a comunidade escolar sobre a responsabilidade individual tomada de consciência sobre sustentabilidade ambiental, conservação de recursos, florestas e produção orgânica, consumo de bens materiais, geração dos resíduos domésticos e a destinação e deposição final dos produtos descartados. Foram colocadas em relevo as relações da sociedade e natureza, desde uma escala local para global. Incentivando, dessa forma, os alunos a repensarem alternativas para as situações-problema debatidas/estudadas, permitindo maior espaço de participação e possibilidade de identificar soluções. Os materiais e métodos empregados na execução do Programa lançaram mãos de ferramentas da pesquisa qualitativa, quantitativa, bibliográfica e experimental, por meio de aulas teórico-práticas. As oficinas foram divididas em módulos com aulas expositivas-dialogadas, fazendo-se uso recursos didáticos e tecnológicos, com um mix de imagens, vídeos e animações que sensibilizaram os alunos para as questões socioambientais. Nesse processo construiu-se materiais didáticos para a formação da consciência ambiental. Também foi construída a horta escolar. Dentre os resultados realizou-se a elaboração de composteiras em solo e em recipientes recicláveis como garrafas PETs e galões de 20 L; horta escolar com composteira em berço alimentada com os resíduos das residências dos alunos e da própria escola para a geração do fertilizante orgânico – biocomposto, esse material será utilizado para cultivar hortaliças no colégio; viveiro; 12 canteiros com diversas culturas como: alface, coentro, batata-doce, cenoura e rabanete; elaboração de recipientes para a coleta seletiva na escola e elaboração de cartazes como conscientização para atitudes ecologicamente sustentáveis. Conclui-se que o Programa proporcionou o desenvolvimento de experiências reais que despertaram o interesse dos alunos pela preservação do meio ambiente com êxito, por meio de sensibilização, reflexão e debates, possibilitando a comunidade compreender atitudes que garantam a sustentabilidade ambiental.

Publicado
2020-11-03