Aproveitamento de Resíduos do Açaí como Substrato para a Emergência e Desenvolvimento Inicial de Schizolobium parahyba var. amazonicum

  • Beatriz Sousa Barbosa Universidade Federal Rural da Amazônia campus Capitão Poço
  • Jaciara Sousa Santos Universidade Federal Rural da Amazônia campus Capitão Poço
  • Cássio Rafael Costa dos Santos Universidade Federal Rural da Amazônia campus Capitão Poço
  • Marília Shibata Universidade Federal Rural da Amazônia campus Capitão Poço
Palavras-chave: : luminosidade, impactos ambientais, produção de mudas.

Resumo

Com a crescente necessidade de diminuição dos impactos ambientais recomenda-se a utilização de resíduos orgânicos para a produção de mudas. Objetivou-se avaliar a emergência das sementes e o desenvolvimento inicial de Schizolobium parahyba var. amazonicum submetidas a diferentes porcentagens de substrato de caroço de açaí e níveis de sombreamento. As sementes foram submetidas à quebra de dormência e semeadas em substrato composto por caroço de açaí nas proporções 0, 15, 30 e 45% e permaneceram em dois níveis de sombreamento (30 e 70%) e a pleno sol. Melhores resultados foram observados com a composição de 15% de caroço de açaí com 7,0 cm de altura e 2,24 cm de diâmetro do colo. Enquanto, o sombreamento de 70% proporcionou maior emergência (67%), altura (6,97 cm) e diâmetro (1,96 cm). Assim, conclui-se que o substrato com 15% de caroço de açaí em um ambiente com 70% de sombreamento são condições indicadas para a emergência das sementes e desenvolvimento inicial nas mudas de S. parahyba var. amazonicum.

Publicado
2020-11-11