Biometria e Potencial Fisiológico de Sementes de Anadenanthera colubrina (Vell.) Brenan em Função do Estádio de Desenvolvimento do Fruto

  • Maria Soraia Fortado Vera Cruz Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Agronomia
  • Ana Carolina Pinguelli Ristau1 Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Agronomia
  • Marlene de Matos Malavasi Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Dr a., Professora Associada do Centro de Ciências Agrárias
  • Élcio Silvério Klosowski Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Dr., Professor Associado do Centro de Ciências Agrárias
Palavras-chave: germinação; vigor; tamanho das sementes; maturação.

Resumo

A pesquisa objetivou avaliar as características biométricas e fisiológicas de sementes de Anadenanthera colubrina em função das mudanças na cor do epicarpo do fruto. Os frutos foram classificados em quatro estádios de maturação de acordo com a cor do epicarpo. No primeiro estádio os frutos apresentavam coloração verde, no segundo estádio apresentavam coloração em transição do verde para marrom escuro, no terceiro estádio encontravam-se com coloração marrom escuro e no quarto estádio possuíam coloração marrom clara. Após a classificação dos estádios de maturação as sementes foram extraídas, caracterizadas biometricamente e testadas quanto a viabilidade e vigor. O potencial fisiológico bem como a biometria das sementes de A. colubrina sofreram alterações em função do desenvolvimento do fruto. As características físicas e fisiológicas das sementes de A. colubrina apresentaram boa contribuição para classificar os lotes de maior vigor.

Publicado
2020-11-11