A Relação do Ser Humano com o Meio Biofísico Amazônico e a Agroecologia – Um Estudo de Caso na Região Rural de Irituia-PA

  • Esmailson Moreira dos Santos Instituto Federal do Pará – Campus Castanhal
  • Larisse Medeiros Gonçalves Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) – Núcleo de Estudos em Agroecologia (NEA-Sudoeste do Paraná
  • Mateus Ferreira Leão Instituto Federal do Pará – Campus Castanhal
  • Pedro Henrique da Silva Monteiro Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Campus Pato Branco
  • Louise Ferreira Rosal Instituto Federal do Pará – Campus Castanhal
Palavras-chave: Agrobiodiversidade, Sistemas Agroflorestais, DRP e Sustentabilidade.

Resumo

O objetivo do estudo foi compreender, a partir de uma abordagem sistêmica, a relação homem-natureza-agroecologia, em um estabelecimento na comunidade Araraquara, Baixo Irituia (Irituia-PA). Fundamentado no Diagnóstico Rural Participativo (DRP), utilizou-se metodologias para o reconhecimento da área, por meio de conversas informais, com base na observação participante, mapa falado e calendário sazonal. As ações investigatórias resultaram na obtenção de conhecimentos acerca das dinâmicas das relações observadas no agroecossistema. Em sistemas estabelecidos, como o SAFs, não existem intervenções, pois ocorre a própria autogestão biológica e físico-química. Percebeu-se, também, que os saberes empíricos corroboram a literatura científica, demonstrando que elas são complementos. A vivência contribuiu para além da formação profissional, pois a troca de experiências entre agricultores e os discentes possibilitou uma visão mais integradora e humana.

Publicado
2020-11-20