Sementes Crioulas: Importância Social e ODS’s

  • Elder Antonio Tomassevsk Mestrando do Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento Rural Sustentável – PPGDRS; UNIOESTE; Campus de Marechal Cândido Rondon – PR
  • Raquel Soares Juliano EMBRAPA PANTANAL
  • Deise Maria Boursheidt Docente pela UFFS, e Doutoranda em Economia pela UnB
  • Alberto Feiden EMBRAPA PANTANAL; Docente do Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento Rural Sustentável; UNIOESTE; Campus de Marechal Cândido Rondon – PR
Palavras-chave: Mobilização Social, Sementes Crioulas, Estratégias de Conservação

Resumo

A pesquisa possui como objetivo mostrar a importância histórica das Mobilizações Sociais, na conservação das sementes crioulas, e na determinação do Objetivo do Desenvolvimento Sustentável nº 2. Para o cumprimento desse objetivo foi realizada uma Pesquisa Bibliográfica acerca dos Guardiões de Sementes Crioulas, suas organizações sociais, a importância das feiras e eventos de sementes crioulas adotadas dentro das Estratégias de Conservação e o papel fundamental das Políticas Públicas. Nesse contexto, foi realizado um recorte acerca dos eventos de sementes crioulas da Rede de Sementes da Agroecologia do Estado do Paraná – RESA, e nessa configuração levantou-se os eventos realizados pela organização no ano de 2019. Desse estudo depreende-se que a mobilização histórica dos atores, resultou na adoção de políticas públicas, e no reconhecimento e inclusão das Estratégias de Conservação de Sementes Crioulas nas Agendas Internacionais.

Publicado
2020-11-20