Olhares sobre a Agrobiodiversidade na Produção Agroecológica em Santa Clara do Sul, RS

  • Graziela Leidens Bolsista Iniciação Científica INICIE/Uergs, Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS)
  • Cândida Zanetti Bolsista do Núcleo de Estudos em Agroecologia e Produção Orgânica do Vale do Taquari (NEA VT), Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS)
  • Elaine Biondo Professora Adjunta, Coordenadora NEA VT, Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS)
  • Eliane Maria Kolchinski Professora Adjunta, Colaboradora NEA VT, Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS)
  • Ivan Iuri Bonjorno Engenheiro Agrônomo da EMATER/ ASCAR
Palavras-chave: Sociobiodiversidade. Agroecossistemas. Orgânicos. Alimentos.

Resumo

  • Agrobiodiversidade compreende a diversidade vegetal, animal e de microrganismos, em estreita relação com a população humana sendo recursos alimentares de grande relevância para o desenvolvimento territorial. Dentre os elementos da agrobiodiversidade estão as sementes crioulas de diferentes culturas alimentares, plantas alimentícias não convencionais, frutas nativas, plantas condimentares e medicinais. Agrobiodiversidade está intimamente associada a Agroecologia sendo fundamentais para a promoção da Segurança Alimentar e Nutricional. Assim, este trabalho teve como objetivo realizar um levantamento da agrobiodiversidade de espécies vegetais cultivadas e comercializadas por agricultores orgânicos e agroecológicos em Santa Clara do Sul, RS a partir da aplicação de entrevistas semiestruturadas. Constatou-se a produção de 122 espécies vegetais em sistemas sustentáveis de produção, que além de promoverem qualidade nutricional a quem os consome, são importantes na valorização da agricultura familiar, promovem o desenvolvimento regional. Ao mesmo tempo ampliar olhares sobre a Agrobiodiversidade promove a Segurança Alimentar e Nutricional das famílias e estimula a continuação e a ampliação de programas municipais que fomentem a Agroecologia no Vale do Taquari.
Publicado
2020-11-25