Água de reuso, cotonicultura orgânico, sementes crioulas e processamento de gergelim: a riqueza oriunda da produção agroecológica na comunidade Riacho do Meio, no município de Choró, Ceará

Autores

  • Gabriel Jucá Pereira Oliveira Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-brasileira
  • Amanda Nayara De Melo Costa Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-brasileira
  • Antonia Marília Coelho Silva Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-brasileira
  • Carlos Henrique Silva Pinheiro Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-brasileira
  • Matheus Felipe Santana Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-brasileira
  • Jaqueline Sgarbi Santos Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-brasileira

Palavras-chave:

ACEPA; agricultura participativa; agroecologia; agroindústria familiar; progresso sertanejo.

Resumo

O presente relato trata da experiência da comunidade Riacho do Meio, município de Choró, região do Sertão Central cearense, em pleno semi-árido nordestino. No local, existe uma série de práticas que garantem a qualidade de vida das famílias envolvidas, com destaque para a exportação de algodão orgânico. O trabalho foi realizado tendo como base as observações e anotações de campo de uma visita técnica feita no contexto do curso de Agronomia da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-brasileira (UNILAB). Conhecer as atividades desenvolvidas pelos agricultores da comunidade, permitiu aos discentes, contato direto com a Agroecologia no contexto do semi-árdo nordestino, o que demonstrou na prática que as práticas utilzadas, tendo como base a Agroecologia, são capazes de garantir a reprodução social e economica dos atores envolvidos no processo.

Downloads

Publicado

2020-08-16

Edição

Seção

CBA - Construção do Conhecimento Agroecológico e Dinâmicas Comunitárias