Relato de Experiências: implementação do modelo Caxambu para recuperação e preservação de uma nascente no sítio de base ecológica Povo em Pé – Cerrito/RS

implementação do modelo Caxambu para recuperação e preservação de uma nascente no sítio de base ecológica Povo em Pé – Cerrito/RS

  • Dienifer Irigaray Silveira furg
  • André Nunes Maduell furg
Palavras-chave: Recuperação de nascente

Resumo

Essa experiência ocorreu no Sítio Povo em Pé localizado no extremo sul do Brasil, na pequena cidade de Cerrito, cerca de 69,5km de Pelotas, classificada como a 4° cidade de maior índice populacional do estado do Rio Grande do Sul. O clima da região se enquadra como subtropical úmido, onde as estações são bem marcadas, o inverno um bocado frio, com possibilidades de formação de geada e sem neve. A região pertence ao planalto serra do Sudeste ou escudo Sul-Rio-Grandense. Sua rocha mãe é o granito e gnaisse. Este território é caracterizado por coxilhas de campos com vegetações rasteiras e herbáceas. Com presença de remanescentes de floresta estacional semidecidual. O sítio tem como histórico de usos anteriores: olaria a cerca de 20 anos atrás. Encontrava-se com bovinos de leite pastando no local.  Após fevereiro de 2020, quando começamos a residir na propriedade foram implementadas práticas de manejo nas premissas da agroecologia. Como forma de recuperar a área que já se encontrava degradada, pelo uso do fogo, pecuária e agricultura convencional com uso de agrotóxicos.

Publicado
2022-03-21
Seção
RTA - Desenho e manejo de agroecossistemas de base ecológica e em transição