Desempenho produtivo de poedeiras semipesadas alimentadas com dietas contendo farinha de folhas e ramas da mandioca

  • João Pedro Llanos Zabaleta +55 53 981.184.064
  • Fernando Rutz Universidade Federal de Pelotas
  • Marcos Antônio Anciuti Instituto Federal Sul-Riograndense
  • João Carlos Maier Universidade Federal de Pelotas
  • Jerri Zanusso Universidade Federal de Pelotas
  • Fabiane Gentilini Universidade Federal de Pelotas
Palavras-chave: Alimentação de aves; galinhas; ovos.

Resumo

A produção agroecológica de ovos encontra limitações quanto ao fornecimento de alimentos para as aves, normalmente centradas em milho e soja transgênicos, existindo necessidade de alternativas nutricionais. A parte aérea da mandioca (Manihot esculenta Crantz) apresenta relevante conteúdo de minerais, vitaminas e proteínas. Entretanto, fatores antinutricionais também se fazem presentes, como ácido cianídrico (HCN), taninos e fitatos. Este trabalho avaliou a inclusão de baixas dosagens (Zero, 0,15%, 0,30% e 0,45%) da farinha da parte aérea de mandioca (FPAM) on top sobre o desempenho produtivo de poedeiras, totalizando 192 aves Isa Brown. Observou-se que a FPAM não alterou significativamente o desempenho produtivo das poedeiras nas variáveis de desempenho (consumo diário de ração, peso corporal, número de ovos, massa de ovos, produção percentual de ovos e conversão alimentar por dúzia e por massa de ovos).

Publicado
2022-03-21
Seção
RTA - Desenho e manejo de agroecossistemas de base ecológica e em transição