A Popularização das Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANC) nas escolas:sistematização e análise de experiências na Região Sul do Brasil

systematization and analysis of experiences in southern Brazil

  • Elisa Stuani Dosso Universidade Federal do Rio Grande
  • Jaqueline Durigon
Palavras-chave: alimentação, agroecologia, ensino de ciências, merenda escolar, políticas públicas

Resumo

A abordagem das Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANC) em espaços escolares pode trazer tanto benefícios nutricionais quanto pedagógicos. O objetivo desse trabalho foi sistematizar e analisar as experiências publicadas envolvendo as PANC nas escolas da Região Sul do Brasil. Para isso, foi realizada uma busca por registros no Portal de Periódicos Capes e no Google Acadêmico, usando como palavras-chaves “Plantas Alimentícias Não Convencionais” e “escola”. Um total de 29 registros foram encontrados, onde grande parte destes descreviam atividades realizadas no Ensino Fundamental de escolas públicas localizadas no Rio Grande do Sul. Observa-se que a abordagem das PANC nas escolas tem sido aliada no processo de ensino e aprendizagem e no processo mais recente de popularização dos alimentos da sociobiodiversidade. Entre os aspectos fundamentais para sua consolidação estão a integração da comunidade escolar e a necessidade de subsídios, tanto do ponto de vista de políticas públicas, como de conhecimentos técnicos que viabilizem o uso dessas plantas em hortas e merenda escolar.

Publicado
2022-03-21