Construção participativa de indicadores de qualidade do solo para monitoramento de pastagens em processo de transição agroecológica

  • Geovanna Moreira Mendanha IFG Câmpus Cidade de Goiás
  • Iara Jaime de Pina IFG Câmpus Cidade de Goiás
  • Maloní Montanini Mafei César IFG Câmpus Cidade de Goiás
  • Maria Eugênia de Oliveira Ferreira IFG Câmpus Cidade de Goiás https://orcid.org/0000-0003-0429-1952
  • Patrícia Tavares Dias IFG Câmpus Cidade de Goiás
Palavras-chave: Pastagem, Pastoreio Racional Voisin, Indicadores de qualidade

Resumo

Nesse estudo apresentamos uma metodologia baseada em indicadores locais para a avaliação e monitoramento da qualidade do solo em áreas de pastagens. Adaptamos uma matriz de indicadores qualitativos da qualidade do solo, considerando a observação participante junto a agricultores familiares de Goiás/GO e região. A validação da matriz foi realizada através de seu uso para avaliação de duas áreas de pastagem (P1 e P2), onde estamos implementando o sistema de pastoreio Voisin. Todas as famílias apresentam conhecimentos para interpretação da diversidade e qualidade de solos que ocorrem em seus lotes, o que pode contribuir para definição das estratégias de manejo. A aplicação da matriz de avaliação da qualidade do solo foi simples e apresentou-se como uma ferramenta útil para as famílias, uma vez que contribui com o direcionamento da interpretação dos solos e ainda faz associação com funções ecossistêmicas que podem ser impulsionadas através do manejo.

Publicado
2022-03-21
Seção
RTA - Ética, epistemologia, formação e construção do conhecimento agroecológico