A ecogastronomia no fortalecimento da sociobiodiversidade e soberania alimentar: um estudo de caso a partir de experiências situadas na ilha de Florianópolis, SC e Município de Pelotas, RS, Brasil

  • Samuel Alves Domiciano Universidade Federal do Rio Grande - FURG
  • Ana Paula Grellert Universidade Federal de Rio Grande, FURG Pró-Reitoria de Assistência Estudantil - PRAE
  • Patrícia Braga Lovatto
Palavras-chave: Educação alimentar, Consumo consciente, Desenvolvimento local

Resumo

O estudo de caso buscou ampliar os conhecimentos relacionados ao conceito de ecogastronomia a partir de bases teóricas, confrontadas com a realidade de experiências distintas, localizadas na ilha de Florianópolis - SC e município de Pelotas – RS. A coleta de dados foi feita através de roteiro de entrevista, aplicado a chefes de cozinha, vinculadas às experiências, buscando entender a relação com a ecogastronomia e contribuição para o fortalecimento da sociobiodiversidade local e soberania alimentar. Verificou-se que as experiências relacionam-se de forma distinta com a produção e consumo local, considerando o público que atendem, trajetórias e particularidades territoriais. Diante das observações, evidenciou-se que para aplicação prática e integral do conceito de ecogastronomia é fundamental o desenvolvimento de trabalhos educativos e políticas públicas que garantam acesso igualitário aos alimentos da sociobiodiversidade, contribuindo para a soberania alimentar no campo e na cidade.

Publicado
2022-03-23