Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANC): renda, soberania alimentar e sustentabilidade

income, Food Sovereignty and Sustainability

  • Telma Regina Stroparo Universidade Estadual do Centro Oeste UNICENTRO
  • Simone Ternoski de Souza Universidade Estadual do Centro Oeste
Palavras-chave: Biodiversidade; PANC; Sustentabilidade; Soberania Alimentar

Resumo

Com objetivo de identificar o nível de conhecimento dos feirantes e consumidores da cidade de Irati/PR acerca de espécies consideradas PANC, notadamente hortaliças e plantas medicinais, a pesquisa caracteriza-se metodologicamente como aplicada, com caráter descritivo e utilizando-se de abordagem qualitativa. Foram aplicados 36 questionários a feirantes e consumidores da Feira de Produtores do Município de Irati/PR. Destes, 08 são produtores agroecológicos e/ou em processo de transição agroecológica e 28 consumidores. Verificou-se que os agricultores conhecem a maioria das espécies, mas subutilizam na alimentação própria bem como não consideram como uma fonte de renda importante. Por sua vez, os consumidores afirmam estarem dispostos a incluir espécies PANC na alimentação, desde que os preços sejam acessíveis e obtenham maiores informações sobre receitas e formas de utilização. Quanto aos fins medicinais, tanto consumidores quanto agricultores afirmam conhecer espécies, bem como utilizam na forma de chás e compressas.

Biografia do Autor

Telma Regina Stroparo, Universidade Estadual do Centro Oeste UNICENTRO

Mestre em Desenvolvimento Regional, Professora de administração e ciências contábeis 

Simone Ternoski de Souza, Universidade Estadual do Centro Oeste

Mestre em Desenvolvimento Regional, Professora de Administração e Ciências contábeis

Publicado
2022-03-21