Análise do perfil dos jovens da CFR de Primeira Cruz, MA

  • OLIVEIRA, Keila Diovana Universidade Estadual do Maranhão (UEMA)
  • PEIXOTO, Marianne Camille Universidade Estadual do Maranhão (UEMA)
  • ALMEIDA, Karlene Universidade Estadual do Maranhão (UEMA)
  • ROCHA, Ariadne Enes Universidade Estadual do Maranhão (UEMA)
Palavras-chave: Educação, Pedagogia da Alternância, Zona Rural

Resumo

Quase metade da população brasileira (49,25%) com 25 anos ou mais não tem o ensino fundamental
completo, sendo esses dados mais alarmantes nas áreas rurais. Devido à dificuldade
em relação à educação no campo, foram fundadas as Casas Familiares Rurais (CFR’s) objetivando
promover a formação de jovens com base em atividades do campo. Com o objetivo de
conhecer o perfil dos alunos das CFR’s e entender a influência da escola na participação do
jovem no campo, foram aplicados 21 questionários entre os jovens da CFR de Primeira Cruz,
MA. A partir dessa Metodologia, observou – se um déficit educacional, considerando que
22,22% dos participantes do núcleo familiar dos jovens, não concluíram o ensino fundamental,
sendo que 62,4% dessas pessoas são adultas. Outro fator importante é a participação dos
jovens nas atividades de roça, onde 41,67% deles são estudantes e agricultores, ressaltando
– se ainda a importância do roçado, como fonte alimentar (62,52%) e fonte de renda (27,56%).

Publicado
2018-08-21