A influencia dos fatores climáticos do semiárido sobre o crescimento inicial de espécies de pitaieiras

  • Ivanildo de Souza Corte Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
  • Luiz Aurélio Peres Martelleto Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
  • Janice Andreon Ventorim Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
  • Maria Laura de Souza Corte
  • Helena de Souza Corte Escola Família Agrícola De Santana Padre Arthur Birk
  • Jutay de Souza Corte Escola Família Agrícola De Santana Padre Arthur Birk
Palavras-chave: Produção orgânica e agroecológica; insolação; pitaieiras.

Resumo

O cultivo da pitaieira em sistema de produção orgânica e agroecológica na geração de renda para agricultura familiar em convivência com o semiárido. Objetivou-se com esse trabalho, avaliar o a correlação dos fatores climáticos com o crescimento de espécies de pitaieiras, em Subcopa da vegetação nativa, sob cobertura de sombrite com 50% de interceptação da luz solar e em regime de insolação plena, em clima característico do semiárido. As condições ambientais na época de estiagem se intensificam, coincidindo com, maior amplitude térmica, diminuição da nebulosidade e aumento da insolação, nesse período houve menor crescimento mensal das pitaieiras, cujos valores foram correlacionados com os fatores climáticos e os coeficientes de Pearson (r) submetidos a 1% e 5% de significância. Inferiu-se que a temperatura média não influencia significativa no crescimento inicial de espécies de pitaieiras, houve correlação positiva significativa da nebulosidade e das precipitações pluviométricas e, negativa com a insolação e altas temperaturas. Conclui-se que para o estabelecimento de área de cultivo da pitaieira no semiárido é imprescindível sombreamento, artificial ou em sistema agroecológico biodiverso.

Publicado
2020-09-08
Seção
CBA - Manejo de Agroecossistemas de Base Ecológica