A ecogastronomia como uma nova possibilidade de garantia à segurança alimentar no modo de vida da comunidade Vila Nova Tatuoca (Cabo de Santo Agostinho – PE)

  • MESQUITA, Nathalia Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE)
  • PESSOA, Diana Secretaria de Educação de Pernambuco (SEE-PE)
Palavras-chave: Gastronomia, Agroecologia, Soberania alimentar

Resumo

O presente trabalho relata a investigação das formas de produção, aquisição, manipulação e
consumo dos insumos da base alimentar da comunidade Vila Nova Tatuoca (Cabo de Santo
Agostinho), mostrando sua relação com a construção de contextos de sustentabilidade compatíveis
com a noção de desenvolvimento local agroecológico, a partir de diferentes sentidos
gastronômicos no modo de vida das famílias, com destaque para a questão de gênero. Através
de pesquisa de caráter qualitativo, do registro das técnicas, do modo de preparo e da
manipulação dos alimentos base dessa comunidade, identificamos as experiências, ligadas
à configuração do modo de vida campesino, na sua relação com o alimento e a agroecologia,
assim como com os ritos coletivos e comunitários. Sendo assim, com novas práticas
e possibilidades advindas da Agroecologia e da Gastronomia, bem como a construção de
conhecimento agroecológico mostramos a comunidade formas de mitigar o processo de descampesinação
sofrido.

Publicado
2018-08-19