Diagnóstico socioambiental na comunidade Costa de Santana – zona ribeirinha de Mocajuba-PA, sobre a implantação da Hidroelétrica de Tucuruí

  • BALIEIRO, Marciclei Lopes Universidade Federal do Pará - UFPA
  • CRUZ, Dênis Conrado da Universidade Federal Rural da Amazônia
  • TAVARES, Francinei Bentes Universidade Federal do Pará - UFPA
  • SILVA, Sinara Dias Universidade Federal do Pará - UFPA
  • BALIEIRO, Marciel Lopes Universidade Federal do Pará - UFPA
  • CORDEIRO, Yvens Ely Martins Universidade Federal do Pará - UFPA
Palavras-chave: Hidroelétrica, comunidade ribeirinha, mudanças nos modos de vida

Resumo

As populações tradicionais do Nordeste Paraense vêm passando por inúmeras transformações
ao longo do tempo, promovidas, dentre outras atividades, pela implantação de usinas hidroelétricas
em seu território. Os moradores da Comunidade Costa de Santana, localizada na
zona ribeirinha do município de Mocajuba-Pará, estão entre essas populações que sofreram
mudanças socioeconômicas e ambientais. A Metodologia utilizada no trabalho foi quanti-qualitativa,
a partir da realização da aplicação de um questionário realizado in loco na comunidade
com moradores e representantes locais. A expressiva redução do pescado foi o principal efeito
negativo pós-construção da barragem. Nesse Contexto, o presente estudo tem por objetivo
realizar um levantamento e analisar os impactos socioambientais percebidos pelos moradores
da comunidade e causados pela construção da barragem de Tucuruí.

Publicado
2018-08-17