Porque os Assentados da Reforma Agrária Brasileira Arrendam suas Terras?

  • Lucas de Fonseca Menezes
  • Viviane Mallmann
  • Lucas Wagner Ribeiro Aragão
  • Shaline Sefara Lopes Fernandes
  • Tauane Catilza Lopes Fernandes
Palavras-chave: absence of technical assistance; lease; income generation; resource scarcity.

Resumo

As práticas agroecológicas possibilitam ao assentado uma diversificação na sua produção dentro dos preceitos da sustentabilidade ambiental. No entanto, ainda existem assentamentos que ao invés de diversificar sua produção, buscam o arrendamento de suas terras. Sendo assim, esse estudo teve por objetivo descobrir os motivos que levaram os assentados do Assentamento São Pedro a arrendarem suas terras. Por meio de um questionário foi realizada entrevistas com assentados. Observou-se que os motivos que levaram os assentados a fazerem o arrendamento de suas terras são a falta de assistência técnica, dificuldade de comercialização, falta de informação e capacitação, e também o lucro imediato com o arrendamento. Se faz necessário, políticas públicas voltadas para capacitação dos assentados, para assim, evitar a descaracterização da agricultura campesina.

Publicado
2018-12-27
Seção
AGROECOL - Desenvolvimento Rural e Urbano em Bases Agroecológicas