Relato da produção agroecológica numa comunidade indígena no semiárido de Alagoas: comunidades tradicionais indígenas e formas de cultivo agrícolas

Autores

  • Damiana Victória Gusmão Marques dos Santos Centro Universitário Cesmac
  • Mayara Andrade
  • Jessé Pavão
  • Jorge L. G. Vieira
  • Rodney K. Azevedo
  • Selenobaldo A. Santanna

Palavras-chave:

Sustentabilidade; Comunidades Tradicionais; Indígenas Karuazu; Agricultura Familiar.

Resumo

No Estado de Alagoas as comunidades tradicionais indígenas são expressivas e ocupam diversas regiões do estado e na região do semiárido esses grupos sobrevivem principalmente da agricultura familiar. O grupo indígena Pankararu apresenta-se distribuído em diversas etnias na região do semiárido. No Município de Pariconha-AL, esse grupo apresenta duas etnias Karuazu e Katokinn com uma população de 1749 indivíduos. O presente relato teve como objetivo avaliar as formas de produção agrícolas desenvolvidas pela comunidade indígena da aldeia Karuazu da mesorregião do Sertão de Alagoas em função do manejo do solo, clima da região e dos principais cultivos de subsistências e discutir a importância das práticas agroecológicas.

Downloads

Publicado

2020-06-14

Edição

Seção

CBA - Biodiversidade e Bens Comuns dos Agricultores e Povos e Comunidades Tradic